Tudo Sobre o Envio de Encomendas à Cobrança

Fernanda Spolaor
há 2 anos7 min de leitura

Nos dias de hoje, a tecnologia faz parte da rotina da maioria das pessoas. Mas ainda há quem não goste de inserir as suas informações online ou quem prefira não utilizar cartão de crédito. As opções de pagamento e de envio de encomendas à cobrança surgem como uma alternativa prática ao permitir aos destinatários pagar no ato de entrega, sabendo que o montante será depois encaminhado para o vendedor ou remetente.

Pular para

Como funciona o envio à cobrança?

O pagamento por contra-reembolso ou envio à cobrança é um método de pagamento alternativo em que o vendedor ou remetente envia uma encomenda registada por um determinado valor para que o comprador realize o pagamento no ato da entrega. O serviço de correio ou transportadora encarregar-se-á depois de fazer o reembolso do montante ao remetente.

Como enviar encomendas à cobrança?

Ao optar por enviar volumes com pagamento no ato da entrega, o remetente deverá primeiro selecionar a transportadora ou serviço de correio que melhor se ajusta aos seus requisitos. Tenha em mente que, enquanto que algumas agências de transporte de encomendas cobram taxas fixas por este serviço, outras podem cobrar uma percentagem do valor da encomenda enviada à cobrança.

Envio à cobrança pelos CTT

Caso opte por utilizar o serviço dos correios e não tenha um contrato com os CTT Expresso, deverá dirigir-se a um posto de correios e preencher o formulário para o envio por contra-reembolso. Caso seja sua intenção que o destinatário pague também pelo valor do produto, não se esqueça de adicionar este valor no total a ser reembolsado.

O remetente deverá escolher entre “contra-reembolso” e “contra-reembolso em numerário”. O primeiro não especifica o método de pagamento que o remetente deverá utilizar, enquanto que o segundo especifica que o pagamento deve ser em dinheiro. Em qualquer dos casos, o remetente será sempre o responsável pelo embalamento das encomendas.

Envio à cobrança por serviço de transportadora

Caso tenha optado por serviços de transportadora, o processo irá depender da empresa. A marcação do envio e do serviço adicional de pagamento na entrega, será feito online quer através de uma aplicação da própria transportadora ou do perfil registado no site da empresa. Poderá também optar por marcar a recolha ao domicílio ou por entregar a encomenda diretamente numa agência ou parcelshop da transportadora. Neste caso, a transportadora poderá ou não facultar materiais de embalamento.

Que métodos de pagamento poderá o destinatário utilizar para pagar a encomenda enviada à cobrança?

Na maioria dos casos, apenas pagamentos em numerário são aceites pelas transportadoras. Os CTT podem também aceitar pagamentos por chegue e algumas agências de transportadora poderão ter leitor de cartões. Contudo de forma geral, o pagamento em efetivo é a forma mais segura de garantir que irá receber o pagamento da encomenda sem problemas, pois evita golpes como o cheque careca.

Como receber uma encomenda à cobrança

A entrega de uma encomenda à cobrança só é efetuada após o pagamento do montante especificado pelo remetente. A encomenda pode ser entregue no endereço do destinatário com pagamento feito diretamente ao estafeta, ou numa agência da transportadora ou posto dos correios, caso o destinatário não esteja em casa no momento da entrega. As opções de pagamento para receber a encomenda à cobrança vão depender de dois factores principais:

  1. Se o remetente indicou a opção de ‘’contra-reembolso em numerário’’ ou não;
  2. Dos meios de pagamento que a própria agência transportadora oferece.

Envio à cobrança: Como recebo o dinheiro?

  1. Envio à cobrança com os CTT: Para o remetente receber o pagamento da encomenda, o processo é bastante simples. Após o destinatário pagar a encomenda ao estafeta, será enviado ao remetente um vale postal que este deverá utilizar para fazer o levantamento do pagamento da encomenda num posto de correios dos CTT.
  2. Envio por transportadora: As empresas de transporte pagam os reembolsos geralmente diretamente por transferência bancária. A frequência dos pagamentos vai depender do acordado com o remetente. Podendo ser feito após cada transação ou apenas algumas vezes por mês.

Que transportadoras permitem enviar encomendas à cobrança?

É importante ressaltar que nem todas as transportadoras aceitam pagamentos no ato da entrega. Algumas das transportadoras que realizam envios à cobrança são:

  • Chronopost e DPD – a transportadora leva a encomenda até ao ponto de levantamento ou à morada final. Quando o pagamento é realizado, a encomenda pode ser levantada ou recebida.
  • CTT – os correios de Portugal aceitam pagamentos por contra-reembolso como uma das opções de pagamento.
  • FedEx – esta transportadora aceita várias formas de pagamento, desde numerário a cheques.
  • GLS – esta transportadora também realiza envios à cobrança.
  • SEUR – também permite o pagamento no ato da entrega.
  • DHL – esta transportadora também aceita pagamento por contra-reembolso.

Deve também ter em atenção que, qualquer que seja a transportadora ou serviço de correios escolhido, ao optar por entregas à cobrança irá sempre ter de pagar uma taxa adicional por este serviço.

Quais são as vantagens e desvantagens do pagamento à cobrança

O pagamento à cobrança é um método de pagamento relativamente recente e nem todas as transportadoras o aceitam. Existem vários benefícios, mas também alguns riscos associados a este tipo de pagamento. Por este motivo, algumas empresas preferem evitar problemas e aceitar apenas métodos de pré-pagamento online.

Vantagens do pagamento à cobrança

Ter várias opções de pagamento é uma grande vantagem para os clientes. A possibilidade de realizar o pagamento na entrega pode estimular muitos consumidores a comprarem, principalmente aqueles que não têm cartão e não podem realizar o pagamento online.

Ao mesmo tempo, a possibilidade de pagar por um produto apenas no ato da entrega, aumenta a confiança de muitos consumidores que não estejam familiarizados com o comércio online ou apenas com determinadas lojas. Em Portugal, o envio de encomendas à cobrança está a possibilitar um grande crescimento no mercado de vendas online.

Riscos do pagamento à cobrança

  1. Custos indiretos: Em caso de uma entrega falhada, a encomenda terá de ser devolvida ao remetente ou enviada de volta ao armazém. Há também casos em que o cliente recusa a encomenda por estar insatisfeito com o tempo de entrega, por ter encontrado o item que pretende comprar mais barato noutro sítio ou apenas por mudar de ideias sobre a compra. Se com alguns serviços de transporte, a devolução não traz custos adicionais, com outros o remetente poderá ter de pagar pelo serviço adicionalmente.
  2. Risco de roubo: Uma das grandes vantagens dos métodos de pagamento virtuais é que os estafetas não precisam de lidar com dinheiro. Contudo, no caso de pagamentos por contra-reembolso, serão eles os responsáveis por receber o pagamento pelo que é preciso também investir na sua segurança e do transporte.

Se desejar receber mais informações sobre o envio de encomendas à cobrança e sobre a melhor forma de o usar, entre em contato connosco!

Envio de encomendas à cobrança com a Eurosender

De momento, não é possível realizar envios com pagamento na entrega ao optar por utilizar uma plataforma digital como a Eurosender. No entanto oferecemos opções também elas práticas e confortáveis.

Na nossa plataforma, o destinatário pode criar sua conta e pagar ele mesmo pelo transporte da encomenda, determinando o local de recolha e entrega. As nossas opções de pagamento são múltiplas e incluem cartão de crédito, paypal e transferência bancária. Dessa forma, o destinatário poderá tirar vantagem de diversos serviços de entrega e formas de pagamento num só lugar.


Modificado pela última vez em:March 17, 2021
Fernanda Spolaor
Hi! My name is Fernanda, I come from Brazil and I am a content writer here at Eurosender. Apart from writing, traveling and photography are a few of my favorite hobbies.
TrustScore 4 | 36265 opiniões