Imigrar para França. O que deve saber antes de se mudar para França?

Muitas pessoas decidem morar em França, com ou sem filhos, para estudar, trabalhar e até depois de aposentados. Imigrar para a França pode parecer uma tarefa complexa de início, mas tudo o que precisa de fazer é preparar-se bem para a mudança. Se planeia mudar-se para França a partir de Portugal, do Brasil ou de qualquer outro país, nós estamos aqui para o ajudar a transportar os seus bens. Obtenha cotações imediatas e organize a sua mudança de forma simples, rápida e económica connosco.

Digite para pesquisar
Digite para pesquisar

OPINÕES SOBRE NÓS

Uma marca de confiança



INFORMAÇÕES BÁSICAS

Mudança internacional para a França com a Eurosender

O estilo de vida francês é muito conhecido em todo mundo. Seja pelos milhares de museus e monumentos famosos, pelos símbolos da culinária como o croissant ou pelos seus reconhecidos vinhos. Quando decide mudar-se para a França, é preciso conhecer um pouco mais sobre o país. Para o ajudar, reunimos a seguir alguns fatos importantes, para além de informações úteis sobre os sistemas de saúde e de educação, o custo de vida, a documentação necessária e visto para morar legalmente na França.
Capital
Paris
Fuso horário
GMT+1
Moeda
Euro (EUR – €)
População
67 milhões
Idioma oficial:
Francês
Código de discagem internacional (DDI):
+33
Número de emergência
112
Condução
Pela direita

PLANEAMENTO DA MUDANÇA

Quais os custos de mudar-se para a França?

Uma vez estando decidido a emigrar para a França, só precisará de organizar a mudança internacional dos seus itens a partir de Portugal, Brasil, Angola, ou qualquer outro país. Na Eurosender, oferecemos serviços de transporte internacionais para qualquer requisito de envio que possa ter, ao melhor preço.

Envio expresso

Entregas em todo o mundo em 24-72h
Saiba mais

Entrega padrão

Solução simples e económica para enviar caixas de cartão
Saiba mais

Envio em paletes

Transporte ideal para móveis e bens volumosos
Saiba mais

Transporte por carrinha

Uma carrinha reservada para a sua mudança para a França
Saiba mais

Vistos para morar na França

Quando decide emigrar para a França com ou sem filhos, para estudar, trabalhar ou como aposentado, um dos primeiros passos é candidatar-se ao visto. Cidadãos de países da UE e EEE não precisam de visto para morar e trabalhar legalmente em França, mas devem ainda assim pedir um certificado de residência. Cidadãos de outros países precisam de visto para imigrar para França.

  • Visto de trabalho. O visto de trabalho é destinado a qualquer pessoa que vá ter uma fonte de rendimento proveniente de trabalho enquanto vive em França. Este é o visto adequado se foi contratado por uma empresa francesa, se vai trabalhar de forma independente em França ou se pretende ser empreendedor no país.
  • Visto de estudante. Este visto é dedicado a alunos que estejam matriculados numa universidade francesa ou que planeiem estudar em França por um período maior do que 90 dias.
  • Visto de reunião familiar. Se tem um membro da família ou cônjuge de nacionalidade francesa, residente francês ou cidadão de alguma outra nacionalidade da UE/EEE, pode candidatar-se ao visto de reunião familiar. Este visto também é válido para pessoas que procuram asilo em França.

Para que o processo de mudança seja o mais tranquilo possível, verifique e prepare todos os documentos necessários para emigrar para França com antecedência. Se precisar de informações mais detalhadas, aconselhamo-lo a entrar em contato com o consulado francês na sua localidade.

Envie documentos urgentes de ou para a embaixada francesa com o nosso Envio Expresso de Envelopes. O prazo de entrega é de 24h na Europa e 72h no mundo.
Quero um envio expresso!

Informações sobre propriedades: Casas e apartamentos em França

Ao imigrar para França, uma das primeiras coisas a ter em conta será encontrar o lugar ideal para morar. O custo de morar em grandes centros é tipicamente mais elevado do que morar no interior. Dependendo do propósito da sua mudança e se pretende morar em França com filhos e família, poderá precisar de um local maior para viver. Juntámos dados sobre o custo médio em algumas cidades francesas para o ajudar a estimar o seu orçamento:

  • Paris: A cidade em que a grande maioria dos emigrantes em França sonham em morar. Um quarto privado custa em média 750€, enquanto que um apartamento de dois quartos pode custar 1.900€.
  • Lyon: Um destino muito popular entre jovens que decidem estudar e trabalhar em França. Um quarto privado em Lyon custa em média 500€ e um apartamento maior de dois quartos, 1.300€.
  • Nice: Destino de praia popular entre os turistas. Um apartamento de dois quartos em Nice custa cerca de 1.800€ e uma casa de campo tem preço mensal na faixa de 2.500€.

Quando custa um serviço de mudança para a França?

Digite para pesquisar
Digite para pesquisar

O QUE DIZEM SOBRE NÓS

Os nossos clientes confiam nas nossas soluções



VIVER EM FRANÇA

Custo de vida em França

O custo de vida em França varia muito de cidade para cidade, assim como a qualidade de vida. É claro que o custo de vida ao morar em Paris é mais alto do que numa cidade do interior. Para o ajudar a ter uma ideia melhor do custo de vida mensal em França, deixamos em baixo o orçamento mensal com as despesas básicas que um imigrante terá ao mudar-se para o país.

  • Arrendamento mensal: 650€
  • Utilidades: 150€
  • Internet: 30€
  • Transporte público mensal: 55€
  • Uma refeição diária: 10-12€
  • Um café: 2€

O custo mensal pode ser um pouco dispendioso se comparado a outros países europeus, mas o valor do salário mínimo na França é de €1,520 e o salário médio é de €1,900 depois da dedução dos impostos. As cidades mais caras em relação ao custo de vida em França são Paris, Lyon, Marselha, Nice e Bordéus.

Precisa de enviar documentos urgentes para França? Seja um contrato de arrendamento ou matrícula na universidade.

Envie os seus documentos com o nosso Envio Expresso de Envelopes

Envie documentos urgentes


Mercado de trabalho em França

Apesar da França ter passado por uma crise económica longa, o cenário atual é de melhoria. Os imigrantes têm normalmente maior oferta de emprego no setor de Tecnologia e Informação e engenharia, na indústria automobilística, eletrónica, têxtil e no. Como regra geral, cidadãos da UE e EEE podem morar e trabalhar em França sem precisar de visto de residência ou de trabalho. No entanto, cidadãos de outros países devem apresentar a documentação necessária para poder morar e trabalhar legalmente na França.

Muitos portugueses decidem trabalhar na França em busca de salários mais elevados. As oportunidades de trabalho em França são maiores para portugueses que falam também inglês e francês. Por ambos serem países membros da UE, é possível trabalhar em França para uma empresa portuguesa, desde que pague os impostos no país de residência fiscal.


Sistema educativo em França

educativo francês. A França utiliza um sistema educativo centralizado, o que significa que deve contactar o “service des écoles” (serviço de escolas) na sua municipalidade assim que fizer a mudança para encontrar uma escola para os seus filhos. A língua oficial das escolas em França é o francês, mas existem também diversas escolas internacionais onde o inglês ou outras línguas fazem parte do currículo obrigatório. Muitas pessoas que imigram para França com filhos que não falam francês fluente, preferem matriculá-los em escolas internacionais.

Os emigrantes portugueses que decidem morar em França têm a opção de escolher escolas que oferecem aulas de português. Existem diversas escolas em França em que a língua portuguesa faz parte do currículo escolar durante o ensino primário e básico (fundamental, no Brasil) seja em horário letivo ou em horário extracurricular.

Já no nível superior, muitas universidades francesas participam em programas de intercâmbio internacional, o que atrai milhares de jovens estrangeiros para viver em França. O ensino superior, principalmente mestrado, é muitas vezes lecionado em inglês, o que favorece o intercâmbio cultural. Muitos jovens que estão no fim dos seus estudos decidem mudar-se para estudar e trabalhar na França e, assim, ter melhores chances ao entrar no mercado de trabalho.

Pré-escola
Idade: 0-6
Opcional
Elementary school
Idade: 6-11
Obrigatório
Secondary school
Idade: 11-15
Obrigatório

Sistema de saúde em França

O sistema de saúde francês, modificado em 2016 na reforma chamada “Protection Universelle Maladie” (PUMA), garante que todos os residentes, sejam eles trabalhadores ou não, tenham direito a aceder ao sistema de saúde público. Este sistema cobre mais de 75% dos custos com assistência médica e tem inscrição obrigatória, mas os residentes têm ainda a opção de adquirir um seguro de saúde privado, que cobre os custos restantes. Depois de se inscrever no sistema de saúde público, o residente deve ainda registar-se com um médico de família que aceite utentes na sua área de residência.

Cidadãos de outros países da UE e EEE que estão em França de forma temporária (sem realizar o processo de residência), têm acesso ao sistema de saúde público francês com o Cartão Europeu de Seguro e Doença (EHIC, do inglês “European Health Insurance Card”). Visitantes e não-residentes de outros países devem adquirir um seguro de saúde privado.


Conduzir em França

Seguem em baixo algumas informações gerais e dicas para conduzir em França, seja ao alugar ou adquirir um carro:

  • Ao conduzir em França, é obrigatório ter consigo os seguintes documentos: carta de condução, passaporte e documentos de seguro.
  • Todas as crianças abaixo de 10 anos devem viajar em assentos especiais.
  • O sistema de condução na França é pelo lado direito.
  • Os limites de velocidade são: 130km/h em estradas, 50km/h em áreas urbanas e 90km/h em outras vias.
É permitido conduzir com a carta de condução portuguesa em França?

Sim, é permitido conduzir em França com a carta de condução portuguesa durante o primeiro ano da sua residência no país ou se a sua estadia é apenas temporária. Se decide emigrar para França permanentemente, terá de obter a carta de condução francesa no máximo após um ano.

No entanto, se a sua carta de condução não é emitida na UE e não está escrita em francês, deverá apresentar também uma permissão internacional para conduzir, traduzida na língua local.

Precisa de enviar documentos urgentes para França? A Eurosender pode organizar o envio mais rápido da sua carta de condução, documento do automóvel ou certificado de matrícula a partir de qualquer lugar do mundo!
Enviar os meus documentos expresso

Como é morar em França

Muitas pessoas decidem morar em França, com ou sem filhos, para estudar, trabalhar e até depois de aposentados. Não importa qual seja o motivo, todos devem acostumar-se ao estilo de vida e costumes locais. Para o ajudar a entender como é a vida no país, juntámos uma lista de vantagens e desvantagens de morar em França feita a partir de opiniões de nativos e imigrantes:

Vantagens de morar na França

  • História e cultura por todos os lados. Morar em França é estar sempre rodeado por marcos e lugares históricos. A maioria das cidades está cheia de museus e monumentos históricos que se pode visitar
  • Os direitos dos trabalhadores. Os trabalhadores em França têm muitos direitos, incluindo um horário de trabalho de 35h semanais, 5 semanas de férias por ano e o direito de fazer greve.
  • Oportunidades de viajar em redor da França. Uma vez estando a viver em França, terá oportunidade de conhecer as mais diferentes paisagens, desde montanhas com estâncias de esqui a praias paradisíacas.

Desvantagens de morar na França

  • Greves frequentes. Enquanto que fazer greve é um privilégio para os trabalhadores, o direito de greve pode rapidamente tornar-se uma inconveniência para os moradores de determinadas regiões. O governo disponibiliza um site com todas as greves planeadas para que as pessoas possam preparar-se antes destes eventos.
  • Burocracia em França. Ao decidir imigrar para a França, esteja preparado para lidar com processos burocráticas como, por exemplo, renovar a sua residência. Certifique-se de se candidatar com antecedência e de recolher toda a documentação necessária.
  • Limpeza dos locais públicos. Muitos residentes e também turistas reclamam da quantidade de lixo e sujidade nas ruas. Esse é um problema relatado principalmente nas grandes cidades como Paris, Nantes ou até Marselha.

RECOMENDADO

Serviço de Transporte por Carrinha

Preço a partir de 0,48 €/km
Transporte direto e rápido, recolha no próprio dia é possível
Forma de transporte mais segura para itens que podem ou não estar embalados

Reservar uma carrinha


Organize já a sua mudança para a França

Digite para pesquisar
Digite para pesquisar

O QUE DIZEM SOBRE NÓS

Os nossos clientes confiam nas nossas soluções



DESTINOS MAIS COMUNS

Principais países de onde pode mudar-se para a França

Emigrar de Portugal para a França

Muitos portugueses estão a imigrar para França nos últimos anos, seja sozinhos, com filhos ou aposentados. Apesar de próximos fisicamente, Portugal e França acolhem culturas e hábitos muito distintos. Para que a sua mudança ocorra de forma fácil e segura, reserve o serviço de transporte internacional de seus bens com a Eurosender. Pode inclusive reservar um serviço de transporte por carrinha, onde o veículo é inteiramente reservado para si.

Emigrar do Brasil para a França

A França é um destino muito procurado pelos brasileiros para morar, seja para estudar ou trabalhar. Organizar a sua mudança internacional do Brasil para a Europa nunca foi tão fácil. Com a Eurosender, pode reservar o envio das suas bagagens, equipamentos desportivos e também da sua guitarra em apenas alguns cliques. Caso necessite enviar múltiplos volumes ou itens demasiado grandes ou pesados, solicite uma oferta individual.

Emigrar da Espanha para a França

Os espanhóis representam uma das maiores parcelas de imigrantes europeus que vivem em França. Apesar de próximos, os espanhóis que planeiam mudar-se para a França também podem tirar vantagem ao reservar o serviço de mudanças com a Eurosender. Trabalhamos apenas com transportadoras confiáveis e respeitáveis, pelo que os seus bens estarão sempre em boas mãos.


Aviso: Todas as informações apresentadas nesta página são verdadeiras e corretas em 26/06/2020, mas estão sujeitas a mudanças a qualquer momento. A Eurosender não é responsável por qualquer atualização ou mudança de qualquer informação contida nesta página ou ações de terceiros como resultado de informações desatualizadas. Ainda assim, fazemos o nosso melhor para ter sempre as informações atualizadas na nossa página.